26.09.2011

Adotando uma gestão conservadora BB e Caixa representam 74% do volume financeiro aplicado da PREVISCA.

Os recursos financeiros dos RPPS devem ser aplicados obedecendo os preceitos legais. Atualmente a Resolução 3922 do Banco Central é que estabelece como essas aplicações devem ser feitas.

A PREVISCA é gerida em três níveis, sendo executivo por uma diretoria, deliberativo pelo Conselho Curador e fiscal pelo Conselho Fiscal. A Diretoria Executiva aplica os recursos conforme estabelecido pelo Conselho Curador. Desde 2001 quando a PREVISCA foi criada como sucessora do antigo IMPASCA ela adota um critério bem conservador na aplicação dos recursos previdenciários, sempre observando a liquidez, a solvência e a segurança. Dos recursos da autarquia somente 4% estão em renda variável, e entre as instituições escolhidas para serem as parceiras nas aplicações o Banco do Brasil e a Caixa  representam 74% dos recursos financeiros da instituição, sendo que dos restantes 23% estão aplicados em títulos  públicos, 2% no Banco Bradesco e 1% no Sicredi. O  Banco do Brasil lidera em recursos da PREVISCA aplicados na instituição, seguido pela Caixa Economica com 33% (veja o gráfico).  Em recursos financeiros a PREVISCA possui R$ 5.726.536,25 aplicados no Banco do Brasil e R$ 4.732.267,16 na Caixa Economica Federal (data base 31/08/2011).